Olá! Fico muito feliz que você tenha interesse em me conhecer! Deixa eu me apresentar um pouquinho.

Meu nome é Dani Verdugo e sou administradora por formação, Headhunter de profissão, Mentora de carreira, Empresária, mas na verdade, me considero mesmo uma Empreendedora! E digo isso porque sempre tive o hábito de enxergar oportunidades de negócio, conexão e de relacionamento em todos os contextos. Após tantos anos de experiência, tenho clareza de que essa é uma característica nata, sempre esteve comigo e acredito que sempre estará!

Formação e Experiência

Atuo há mais de 20 anos na área de Recursos Humanos, mas nunca quis parar de aprender. Por isso, vou constantemente em busca de aperfeiçoamento, e tenho especialidades em Gestão Estratégica de Pessoas, Negócios e Gestão, Lean Agile Coach, entre outras.

O maior foco das minhas atividades em Recursos Humanos sempre foi o recrutamento. Eu verdadeiramente acredito nessa experiência como um processo construtivo, tanto para a empresa contratante quanto para o profissional que vai ser contratado.

Durante toda a minha carreira, contratei profissionais para todos os cargos que você puder imaginar. Executivos, Conselheiros, Especialistas… Enfim, muitos mesmo! É uma diversidade da qual me orgulho, e me trouxe muito aprendizado!

Em 2011, retornei à atuação em consultoria de executive search. Mas foi em 2017, que tomei a decisão de explorar novos caminhos e empreender em voo solo com um projeto de metodologia própria, totalmente focado em qualidade e em altos executivos: a T.H.E. Consulting. Ele foi pensado para ser, como eu chamo carinhosamente, uma boutique de executive search.

Como estamos em constante crescimento, o projeto expandiu também para outras iniciativas além da T.H.E. Consulting Executive Search, hoje temos:

E hoje…

T.H.E. Talks

Um canal de conteúdo, que começou a partir de conversas sobre a pandemia, e tem gerado discussões incríveis sobre o mundo dos negócios e carreira.

T.H.E. Tech

Uma comunidade toda voltada para profissionais de tecnologia.

"Dentro dos processos seletivos que conduzi, eu sempre tive a preocupação de CUIDAR dos meus candidatos."

Protagonismo

Quando eu digo meus, quero dizer “meu” mesmo, pois em todos os processos seletivos que conduzo, procuro estabelecer uma relação de proximidade. Busco apontar para o candidato as oportunidades de melhoria em seu storytelling. E isso não é um eufemismo para a palavra “falha”, não se engane. De fato, nunca gostei desse conceito.
Num processo seletivo não existe resposta certa ou errada, existe a melhor maneira de falar sobre você, sua trajetória e realizações.

Isso mesmo! O processo seletivo é um processo de venda, e a comunicação é  muito importante. O problema acontece quando o candidato não possui o autoconhecimento necessário para percorrer essa caminhada da melhor maneira. 

É preciso que o profissional conheça a sua própria trajetória. Entenda o que o motiva, quais são os seus drivers, suas entregas e realizações. Tendo pleno conhecimento disso, é possível comunicar as suas potencialidades ao máximo e aumentar as chances de atingir o seu objetivo, seja ele qual for!

Mas não se engane! Se você acha que a maioria das pessoas já sabe como fazer isso, achou errado! Na verdade, são muito poucos os profissionais que têm essa clareza e, principalmente, a habilidade de saber se expressar da melhor maneira.

"Participar de um processo seletivo significa contar a sua história, para vários interlocutores diferentes, da mesma forma e com o mesmo brilho."

"Quando não somos protagonistas da nossa própria história, ficamos limitados, e limitamos nossas oportunidades de carreira."

Contudo, essa carência de autoconhecimento provoca uma falta de protagonismo ao participar de um processo seletivo e acaba ficando à mercê do outro. Preste bem atenção nessa palavra: protagonismo! Ela é a chave para você se desenvolver e crescer profissionalmente.

Deixar seus movimentos de carreira 100% nas mãos Recrutador, LinkedIn, Consultoria, assumindo uma postura reativa, é não tomar as rédeas do próprio caminho e deixar que o mercado direcione a sua jornada. E não é o que você quer, acredite!

Isso me incomoda! Me incomoda, porque vejo a quantidade de oportunidades que o mercado possui, e a demanda das organizações por bons profissionais todos os dias. Um profissional com pleno potencial e experiência para sentar numa cadeira, não chegar lá por não ser protagonista, é realmente muito incômodo.

Por esse motivo, meu propósito é desmistificar os processos seletivos, empoderar os profissionais para o mercado de trabalho, fornecendo os instrumentos necessários para que busquem e alcancem um crescimento exponencial. Com as ferramentas certas, qualquer um é capaz de se desenvolver e chegar onde quiser.